Blog

Quais são os desafios da liderança no Setor Público?

Escrito por:Digix 24/08/2021 7 min

O papel da liderança é algo muito discutido no mundo atual. Isso se deve aos inúmeros estudos que mostram que as organizações com bons líderes conseguem trazer mais resultados e serem mais eficientes.

Mas e no âmbito público, o líder tem o mesmo impacto? A resposta é sim. No entanto, é preciso considerar o fato de que ainda existem desafios a serem enfrentados pela liderança no setor público.

Por isso, neste artigo, vamos falar mais sobre a importância dos bons líderes nessas organizações, os desafios enfrentados e como a gestão de pessoas tem impacto sobre os processos dentro dos órgãos públicos. Acompanhe.

Qual a importância de uma gestão pública eficaz?

Quando falamos na importância da gestão pública é preciso pensar no desenvolvimento social, que afeta a sociedade como um todo, trabalhando em cima da melhoria dos serviços públicos prestados. Sendo assim, a eficácia da administração é fundamental para o planejamento, por exemplo, da alocação de recursos para cada área.

O princípio da eficiência de um órgão, seja ele municipal, estadual ou federal, preconiza que toda ação administrativa precisa estar alinhada e focada no bom atendimento, rapidez de ações, urbanidade, segurança, transparência, neutralidade e desburocratização, focando sempre na qualidade administrativa.

Outro ponto a ser destacado é que a gestão pública qualificada é a grande responsável por desenvolver socialmente e economicamente determinada unidade, seja ela no âmbito municipal, estadual ou federal.

Ela também será o ponto de partida para a criação de missões e tarefas que estimulem o desenvolvimento de uma atuação eficiente. Mas esse movimento positivo só acontece quando há uma boa liderança por trás.

E os principais desafios da liderança no setor público?

O dia a dia dos gestores do setor público é permeado por desafios de diferentes tipos. Planejar e executar as políticas públicas, atuar em prol de um benefício coletivo, lidar com o fator poder dentro desses ambientes… Enfim, existem diversas questões a serem trabalhadas e algumas delas são diretamente impactadas pelo trabalho do líder. Conheça as principais a seguir:

Organização do trabalho para ser entregue no prazo

O setor público muitas vezes é associado à morosidade dos seus processos, justamente por envolver áreas e profissionais distintos para a aprovação, por exemplo, de um documento. Logo, um dos maiores desafios da liderança é estabelecer um planejamento de organização do trabalho, a fim de que ele seja entregue no prazo.

Além de estabelecer esse planejamento, é fundamental que o gestor alinhe a equipe, a fim de que ela faça o seu trabalho de maneira escalável e eficiente, otimizando o tempo da entrega.

Orçamento delimitado

Uma empresa tem também o seu orçamento delimitado, mas quando se trata de uma organização pública, a questão atinge outro patamar: o do interesse público. A utilização dos recursos precisa ser feita de maneira transparente e os gastos detalhadamente identificados, a ideia é fazer mais com menos.

Outro ponto importante é que o líder terá que alinhar a equipe na produção de relatórios que também serão apresentados para a população. Os gastos precisam seguir normas para que possam ser inseridos em diários oficiais e serem enviados à gestão dos municípios, estados e federação.

Treinamento da equipe

Outro desafio enfrentado pelas lideranças no setor público diz respeito ao treinamento da equipe. Diferentemente do que acontece em uma empresa privada, no órgão público é preciso seguir a risca a legislação e o trabalho deve estar sempre pautado em questões de interesse público.

Portanto, se faz essencial manter um treinamento constante a respeito das diretrizes que devem ser seguidas pelos profissionais. Muitos deles são concursados, o que de certa forma oferece uma estabilidade, mas é preciso lembrar que eles também devem estar expostos a feedbacks constantes sobre melhorias.

Aplicação de tecnologias

A aplicação de novas tecnologias e informatização do trabalho é outro ponto a ser discutido pelas lideranças. É um desafio para o setor público aplicar isso no dia a dia, principalmente, pois, pode existir certa resistência de pensamento de que isso poderá comprometer cargos dentro das organizações.

Cabe ao líder, não só incentivar, mas também alinhar com os servidores as melhores práticas para uso de ferramentas, mostrando que elas ajudarão na otimização das tarefas que eles executam, permitindo assim que eles atuem de maneira estratégica.

Por que contar com a gestão de pessoas no setor público?

A gestão pública deve contar com a gestão de pessoas em seu dia a dia, pois ela tem grande importância no desenvolvimento do capital intelectual e no processo de estabelecer as melhores formas de atuação na busca de resultados. Sem as pessoas, é inviável oferecer serviços de qualidade. E como podemos ver hoje, a sociedade está cada vez mais exigente, especialmente no que diz respeito aos serviços públicos aos quais elas têm direito.

O setor se vê ainda ligado a reclamações de cidadão/usuários sobre os atendimentos. Dada a importância desse processo, a gestão de pessoas vem justamente como uma área estratégica. Ela ajudará a trabalhar a gestão por competências, extraindo os melhores resultados a partir de iniciativas que auxiliem na adaptação dos profissionais.

Logo, um ponto a ser trabalho pelo líder no que diz respeito ao gerenciamento de atividades que capacitarão os servidores, buscando para isso estar em constante contato com a equipe a fim de entender quais as lacunas encontradas no trabalho e também nas entregas ao público. A partir disso, é possível racionalizar e tornar mais efetivos os investimentos em capacitação dos servidores.

Vale lembrar que existe uma legislação que rege tal capacitação, o decreto nº 5.707/06 que contempla tanto os servidores que iniciam a carreira como aqueles que compõem o quadro funcional.

Cabe ao Comitê Gestor da Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoal avaliar as políticas de qualificação. Logo, é interessante que o líder esteja atento às definições a fim de estabelecer o que será abordado, usando para isso indicadores junto aos colaboradores.

Com isso, os desafios da liderança no setor público podem ser enfrentados quando se tem bons gestores à frente dessas organizações. Vale lembrar que eles devem trabalhar focados em princípios éticos e estar em contato com os servidores, a fim de conhecer a realidade vivida diariamente.

E falando sobre o assunto, o convidamos a ler um artigo sobre a gestão de pessoas no setor público! Ele com certeza será de seu interesse. Acesse e confira!

Navegue por tópicos

    Inscreva-se na nossa newsletter

    WhatsApp