Blog

5 tendências para gestão pública em 2023

Escrito por:Digix 01/02/2023 4 min

Quer conhecer as principais tendências para gestão pública em 2023? Analisamos pesquisas e listamos 5 itens relacionados à tecnologia que o serviço público precisa ficar de olho. 

Durante o período de pandemia, a transformação digital foi essencial para a continuidade das atividades de órgãos públicos e esse investimento em inovações tecnológicas permanecerão em alta em 2023. 

Quando a gestão pública faz a união de tecnologias com os objetivos estratégicos, os resultados são impressionantes. São criadas novas oportunidades de crescimento e os recursos existentes são aprimorados. 

Então, vamos conferir as 5 tendências para gestão pública em 2023? 

1- Cibersegurança

Cada vez é mais comum serem veiculadas notícias sobre invasões em sistemas de órgãos públicos e vazamentos de dados e informações públicas. 

Em visita a Estônia – que ocupa o primeiro lugar em serviços públicos digitais na União Europeia – concluímos que a melhor dica sobre cibersegurança é o aumento de investimento nestas ações de proteção para não ser atacado, visto que para recuperar o tinha antes demanda um investimento muito maior.   

2- Cidadão conectado 

Uma excelente alternativa para o cidadão ser conectado é com a utilização de um superaplicativo, que reúne as funcionalidade de um aplicativo, uma plataforma e um ecossistema em um único lugar. 

De acordo com pesquisa do Gartner, até 2027 mais de 50% da população global serão usuários ativos diários de vários superaplicativos. Veja mais aqui. 

No Brasil, podemos usar como exemplo a plataforma Gov.br . Ela oferece 4 mil serviços públicos de forma totalmente digital, totalizando 84% de todas as atividades públicas federais. 

3- Blockchain  

O blockchain se tornou popular por conta das criptomoedas, mas a sua utilização também possibilita que os órgãos públicos mantenham os seus registros precisos, auditáveis, transparentes e seguros. 

Na Estônia, por exemplo, vários serviços públicos utilizam a tecnologia de blockchain para espalhar as informações em vários nós pelo mundo e garantir que a informação não seja adulterada.  

4- Inteligência artificial  

Neste início de ano, muitas notícias sobre inteligência artificial foram veiculadas na mídia devido ao chatGPT, da OpenAI, que nada mais é um bot capaz de responder perguntas de forma natural e até atender algumas solicitações, como criação de texto, imagens e até códigos. 

Na gestão pública, a inteligência artificial pode ser utilizada para antecipar algumas demandas da sociedade e oferecer serviços antes de serem solicitados pela população.   

Desta forma, as políticas públicas e de distribuição de renda, orçamento, saúde, segurança pública e outras áreas poderão ser beneficiadas com a tecnologia. 

5- Conectividade  

A chegada do 5G no Brasil é importante para proporcionar mais eficiência, produtividade e segurança na prestação dos serviços públicos, pois será uma nova forma de se conectar com o cidadão. 

Com a alta velocidade na transmissão de dados do 5G, a nova geração de internet será uma importante aliada na implantação de outras tecnologias. Isso porque vai transformar a forma como os cidadãos acessam serviços públicos. 

6- Bônus 

Os dados são a fonte mais poderosa para os gestores. Por meio de telas de monitoramento com principais indicadores de resultado, os gestores conseguem tomar decisões orientadas por evidências. 

O serviço de Business Intelligence garante a visualização de dados da organização de forma abrangente para tomar as melhores decisões, eliminar ineficiência, identificar de forma antecipada possíveis problemas e se adaptar as mudanças. 

Quer saber mais sobre os desafios e tendências para gestão pública em 2023? Então, você não pode perder o Conexão GovTec do dia 28 de fevereiro.  

Navegue por tópicos

    Inscreva-se na nossa newsletter

    WhatsApp