Blog

5G promete mais eficiência na gestão pública

Escrito por:Digix 30/11/2022 3 min

Com a chegada do 5G em Mato Grosso do Sul, a nova tecnologia será uma importante ferramenta para proporcionar mais eficiência, produtividade e segurança na prestação dos serviços públicos. Além da melhoria na infraestrutura para os municípios, será uma nova forma de se conectar com o cidadão com mais agilidade e ampliação dos atendimentos. 

A nova tecnologia não é só um projeto de internet, é saúde, segurança, educação, emprego, infraestrutura, desenvolvimento econômico e social para o futuro do estado. É um reflexo do que o cidadão espera do serviço público, como: excelência, velocidade e qualidade.  

Com previsão de investimento de R$ 800 milhões para a implantação e manutenção da fibra óptica no estado, o 5G promete trazer mais desenvolvimento para as regiões que sofrem com uma rede precária de fornecimento de dados para telefonia e internet móvel, o que compromete na prestação de serviço dos mais variados setores, com isso, vai transformar a forma como os cidadãos acessam serviços públicos, se locomovem e trabalham nos municípios. 

O que dizem os especialistas?

O especialista em soluções para gestão pública e diretor comercial da Digix, Diego Ferreira, destaca sobre o impacto com a implantação da rede nos municípios. “O 5G traz uma maior velocidade, menor latência na rede e aumento na flexibilidade de conexão, isso pode vir a resultar no aumento do trabalho híbrido (formato presencial e remoto), deixando os serviços públicos mais rápidos, como por exemplo, proporcionar um atendimento médico de qualidade, mesmo virtualmente aos pacientes de localidades remotas. Essa conectividade traz diminuição de custo e ajuda no desenvolvimento local”. 

Vamos conhecer um case?

De acordo com o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, com a implantação de 6.950 Km de rede de fibra óptica, a nova rede vai garantir a acessibilidade digital da população, com disponibilização de serviços de internet gratuita e videomonitoramento em 129 praças públicas, monitoramento veicular em rodovias estaduais e na Capital, além da instalação de 15.000 ramais IP (sistema de telefonia digital que utiliza protocolo de internet para transmitir voz) entre as unidades administrativas do estado. 

Os 79 municípios receberão os serviços de transmissão de dados de alta capacidade e velocidade através de rede de fibra óptica em 1.500 unidades administrativas. Entre essas unidades podemos citar: unidades de ensino, saúde e segurança pública. 

Segundo o governador eleito, Eduardo Riedel, durante a sua administração vai priorizar atividades de tecnologia, sendo este um dos projetos mais inovadores de MS.

“Conectividade é ganhar tempo, é poder melhorar a prestação dos serviços ao cidadão, é poder avançar com programas e plataformas digitais. É uma mudança enorme com relação a nossa qualidade de serviço ao propor para levar aos 79 municípios essa rede de fibra óptica.” 

Uma conexão móvel 100 vezes mais rápida que a antiga é a promessa de muitas novidades nos serviços públicos. Já que esse acesso às tecnologias digitais de informação e comunicação é, também, um meio de promover inclusão social. Quando aplicada no fluxo de trabalho dos servidores, otimiza a gestão do tempo e produtividade. 

Navegue por tópicos

    Inscreva-se na nossa newsletter

    WhatsApp