A tecnologia está cada vez mais inserida em nosso cotidiano. Muitas escolas estão investindo em computadores e em tablets para aperfeiçoar a sua gestão e oferecer um ensino de mais qualidade para os alunos. De olho nessa tendência, várias empresas passaram a atuar no segmento de software para a área de educação.

Sem dúvida, investir em infraestrutura (equipamentos e internet de alta velocidade) ajuda a aperfeiçoar os serviços de uma instituição de ensino. Porém, essa ação somente terá um resultado expressivo caso os sistemas sejam utilizados não apenas para gerenciar os recursos materiais, humanos e financeiros, mas também para proporcionar uma maior interatividade entre alunos, professores e pais.

Se você deseja compreender melhor como a tecnologia pode fazer a diferença em uma escola, veja como os softwares podem ser utilizados no dia a dia do setor educacional. Confira!

O que um software pode fazer por uma escola?

Você sabe que uma boa gestão escolar deve gerenciar com eficiência os recursos humanos, materiais e financeiros. Nas instituições públicas de ensino, essa prática é ainda mais importante, porque os colégios recebem dinheiro público para manter as suas atividades e prestar um bom serviço à população.

Em um momento de crise econômica, é fundamental que haja uma eficiência no uso dos recursos disponíveis para o orçamento atender, da melhor forma possível, às necessidades dos profissionais e dos alunos. Nesse cenário, um software de gestão escolar é perfeito para melhorar o desempenho da instituição de ensino.

Um dos motivos é que esse tipo de sistema faz o controle de diversos segmentos, como:

  • finanças;
  • contabilidade;
  • patrimônio;
  • recursos humanos;
  • merenda escolar;
  • histórico escolar dos alunos.

Se você está à procura de boas ferramentas que ajudam a aperfeiçoar a gestão das escolas, não perca tempo e confira os 3 exemplos que mostraremos a seguir. Acompanhe!

1. Cheff Escolar

Automatizar diversos processos, reduzir o trabalho manual e diminuir os erros no uso das informações são algumas das vantagens desse software. A ferramenta também facilita a integração entre a Secretaria de Educação do Estado do Mato Grosso do Sul (SED/MS), as escolas e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

O Cheff Escolar é um sistema muito interessante para os gestores, porque verifica como estão sendo aplicados os recursos por meio de várias ações como:

  • cálculo per capita do valor do recurso;
  • cadastro de fornecedores;
  • elaboração de lista de compras para licitações;
  • acompanhamento da liberação de recursos;
  • chamada pública para agricultura familiar;
  • prestação de contas de forma ágil e transparente;
  • montagem do cardápio escolar com foco na boa alimentação dos alunos.

2. Nexxus

Outro software adotado com sucesso pela SED/MS é o Nexxus. A ferramenta é ideal para elaborar planos de trabalho, coletar documentos relativos a convênios e prestar contas, viabilizando parcerias para melhorar a qualidade do ensino.

Esse sistema também se destaca por aumentar a eficiência, a transparência e a responsabilidade na aplicação dos recursos destinados ao desenvolvimento da educação, principalmente, no setor público.

3. Papel Zero

Ao elaborar ou executar documentos digitais, uma solução engloba algumas tecnologias como Gerenciamento Eletrônico de Documentos (GED), Gerenciamento de Processos (BPM), Assinatura e Certificação Digital.

De maneira superficial, o Papel Zero executa o BPM, Assinatura e Certificação. Por isso, automatiza e melhora as atividades relacionadas ao transporte escolar, organizando o fluxo de informações e de documentos.

Também permite aos gestores assinarem e certificarem digitalmente os processos, o que agiliza a liberação de recursos e moderniza a gestão das atividades ligadas ao transporte escolar.

Quais são os impactos para quem administra a educação?

Se você ainda tem dúvidas sobre como um software pode melhorar a gestão de uma escola, a dica é analisar os 6 tópicos que serão apresentados a seguir:

1. Informatiza processos

Com as informações no formato digital, você não terá dificuldade para acessar relatórios relativos aos funcionários, patrimônio e alunos, por exemplo. No modelo tradicional, você teria que procurar esses dados em arquivos e armários.

Ou seja, perderia um grande tempo e deixaria de fazer outras atividades importantes. Ao adotar um software, basta apenas fazer o login para acessar as informações em tempo real.

2. Faz a matrícula digital

Já pensou em acabar com as filas e o sofrimento dos pais para matricularem os filhos em uma escola pública? Isso é possível com um sistema onde possa ser feita a matrícula digital.

Com esse recurso, não será necessário o preenchimento manual das informações dos alunos e nem procurar a documentação em arquivos. Assim, o atendimento será mais prático e melhor.

3. Acompanha o desempenho escolar

Um bom professor gostar de acompanhar os alunos de perto. Com um sistema bem estruturado, os docentes terão mais tranquilidade para aperfeiçoar os trabalhos executando algumas atividades como:

  • registrar as notas;
  • inserir dados relativos à frequência;
  • e monitorar como está o andamento do plano de aula.

4. Gerencia o transporte escolar

Em muitos municípios, a gestão do transporte escolar é um fator de preocupação. Mas isso é simples de resolver com uma ferramenta que gerencia os recursos financeiros aplicados nesse serviço e os dados sobre a rota, o estado do veículo e a qualificação do motorista.

Dependendo da região, o transporte escolar é essencial para os alunos mais carentes terem acesso a uma educação de qualidade.

5. Integra dados com órgãos educacionais

A burocracia é um aspecto que dificulta a liberação de verbas para as escolas públicas estaduais e municipais. Se você deseja minimizar esse problema, é interessante investir em um software de gestão escolar. A ferramenta permite que uma Secretaria de Educação passe informações confiáveis e com agilidade para o Ministério da Educação (MEC) e o INEP, por exemplo.

Assim o encaminhamento dos recursos financeiros ocorre com mais celeridade, o que é fundamental para melhorar a infraestrutura de uma escola.

6. Permite o acesso online

Com certeza, você lembra que os pais precisavam ligar para o colégio ou esperar o boletim escolar para acompanhar o desempenho dos filhos. Além disso, era comum os estudantes verem na agenda as atividades que deveriam ser feitas em casa. Agora, é viável acessar essas informações online por um portal.

Também é possível contar com um sistema exclusivo para os professores. Com a ferramenta, os docentes podem ver todo o histórico do aluno por matéria. Isso contribui para verificar as disciplinas em que os estudantes enfrentam mais dificuldades, diminuindo os riscos de reprovação.

Como provar o valor deste investimento na área de educação em tempos de crise?

Além de economizar em gastos com papel, adotar um software para a gestão escolar pode proporcionar uma melhoria na qualidade de vida da população — um dos grandes desafios da gestão pública.

Você também pode utilizar sistemas que estimulam o aprendizado e tornam a escola um local mais atraente para os alunos. Isso faz com que haja menos evasão escolar e propicia a formação de pessoas mais qualificadas para o mercado de trabalho.

Com o investimento em tecnologia, os professores podem ficar mais motivados e engajados em interagir com os alunos. Dessa forma, o relacionamento será melhor, evitando conflitos entre os estudantes e os educadores.

Hoje, existem diversos aplicativos que permitem alunos e professores trocarem informações sobre diversas disciplinas, favorecendo a aquisição de conhecimento e consolidando o aprendizado.

Se você quiser melhorar a performance das escolas em seu município, é melhor investir em software para a área de educação.

Nós queremos contribuir para você fazer uma boa escolha, portanto, não perca tempo e entre em contato com a gente!